Conheça as principais doenças orais

Conheça as principais doenças orais

Quantas doenças orais já teve? Num primeiro momento, esta pergunta pode parecer estranha, mas estes problemas são mais comuns do que imagina. É o caso da cárie e do mau hálito, mas outros são menos visíveis e perigosos, como a periodontite.

Apesar de as doenças diferirem uma das outras, há algo comum a todas: a possibilidade de prevenção. Com a higiene oral em dia, torna-se fácil ter uma Saúde Oral exemplar e livre de doenças orais. Neste artigo abordaremos essas doenças, falaremos sobre as consequências da falta de cuidados com a boca e de como garantir a prevenção. Vamos lá?

 

Principais problemas e doenças orais

Quando falamos da boca, referimo-nos à língua, bochechas, gengivas e claro, os dentes. Vamos abordar agora seis doenças orais ou problemas que atingem todos esses elementos da boca.

 

Cárie

A cárie é a doença oral mais comum no mundo! Pode aparecer em qualquer momento da vida e a sua principal causa é o grande consumo de açúcar. Mas ela também pode ser causada pela falta de higiene oral, já que é originada por uma bactéria que se pode proliferar se a boca não for bem higienizada.

Os seus principais sintomas são a dor e a hipersensibilidade, especialmente quando se come alimentos com muito açúcar. Além disso, as cáries também podem ser identificadas pelos pontinhos ou pequenas manchas pretas nos dentes.

O tratamento da cárie vai depender do estado em que esta se encontre. No estado inicial, basta realizar uma obturação. Em casos mais avançados, pode ser necessário repor a coroa do dente ou fazer um tratamento de canal para resolver o problema.

 

Placa Bacteriana

A placa bacteriana não é uma doença oral. No entanto, é a principal causa da maioria dos problemas orais que afetam a boca. Trata-se de um biofilme que tem origem nos resíduos de comida e fixa-se no esmalte. Serve de alimento para as bactérias e que desequilibram a Saúde Oral.

A prevenção da placa bacteriana é simples. Basta manter uma rotina de higiene oral adequada, usando o fio dentário e, posteriormente, realizando a escovagem dos dentes (após cada refeição). Além disso, é interessante evitar os alimentos que favorecem a sua formação, como os ricos em açúcar, hidratos de carbono, amido e os que têm textura pegajosa.

 

Tártaro

O tártaro é uma consequência da placa bacteriana, ou seja, aparece quando essa não é removida. Os resíduos de alimentos endurecem devido ao contacto com os minerais da saliva e outras reações químicas. Então, aderem aos dentes e não se soltam facilmente.

É importante saber que o tártaro contém bactérias, por isso, pode levar a quadros de gengivite e complicações da saúde geral. Para prevenir, basta praticar uma boa escovagem e manter o rigor no uso do fio dentário.

 

Gengivite

Causada pela acumulação de placa bacteriana, que se transforma em tártaro, a gengivite é uma inflamação nas gengivas. Se tiver as gengivas muito inchadas, vermelhas e sensíveis, pode ser um sinal de que tem esta doença oral. Em alguns casos, as gengivas podem até sangrar.

E, atenção, se não tratada corretamente, a gengivite pode evoluir para uma periodontite, doença que é a principal responsável pela perda de dentes na vida adulta.

 

Periodontite

Uma das mais graves doenças orais é a periodontite, porque além de ser a maior causadora da perda dentária, pode causar outros problemas ainda mais sérios, como um enfarte. A periodontite é o estado mais avançado doença periodontal.

Os sintomas da gengivite continuam a existir nesta fase da doença, porém, com mais intensidade. Surgem ainda outros problemas, como o mau hálito e uma dentição amolecida. Os dentes podem cair, pois nesta fase a inflamação desgasta os ossos e as suas fibras de sustentação de forma irreversível.

O tratamento pode ser feito através de medicamentos e, em alguns casos, cirurgias. É preciso fazer um acompanhamento rigoroso com o seu médico dentista, para evitar que o problema se torne mais grave.

 

Halitose

A halitose é o famoso mau hálito, um problema comum em pessoas de todas as idades. As causas são diversas, e vão desde a ingestão de determinados alimentos até problemas gastrointestinais. Boca seca, stress, consumo de álcool, tabaco e falta de higiene oral também são causadores comuns da doença.

 

Previna-se com o Cartão Dental Premium

Previna-se agora dessas doenças. Por muito que o cuidado com a Saúde Oral esteja a ganhar mais importância de há uns anos para cá, sendo até um benefício oferecido por grandes empresas e organizações, é preciso ter cuidado, atenção, bons hábitos e visitar o médico dentista com regularidade.

Se ainda não teve a oportunidade de aderir a um seguro ou plano de saúde, saiba que, para manter a saúde oral em dia, é essencial criar o hábito da prevenção. E, para prevenir, não há grandes segredos ou truques. Saiba como podemos ajudar, aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *