Tenho o dente partido, e agora?

Tenho o dente partido, e agora?

Pessoas que têm dentes mais frágeis, às vezes devido a alguma doença sistémica, utilização de medicamentos, ou mesmo por já terem adquirido alguma doença oral como gengivite, ou cárie, devem ter mais atenção ao estado dos seus dentes de forma a que estes se mantenham sempre saudáveis e bem cuidados, evitando assim os dentes partidos.

Estes dentes que já estão fragilizados podem partir-se com mais facilidade com alguma pancada, queda, ou até durante a alimentação. Já os alimentos mais duros como as pipocas, pastilhas elásticas ou inclusive as pedras de gelo, podem ser a causa de dentes saudáveis acabarem fraturados.

Saiba quais as principais causas do enfraquecimento dos dentes:

Sabemos que o dente, por causa do esmalte, é a parte mais dura do nosso corpo. Embora sejam muito resistentes, os dentes não são indestrutíveis, principalmente pelo fato de estarem expostos a muitas substâncias diferentes.

O açúcar de tudo o que ingerimos contribui para que as bactérias existentes na nossa boca produzam ácidos que afetam os nossos dentes. São estes ácidos, que são responsáveis por “retirar” o mineral do esmalte, e que por sua vez têm a função de proteção. Quanto mais prejudicado o esmalte, mais fraco o dente.

Para saber: é assim que surgem as cáries dentárias, por exemplo, e a erosão ácida, que nada mais é do que a perda do esmalte dos dentes.

O que pode provocar um dente partido?

Alguns (maus) hábitos do quotidiano contribuem para o enfraquecimento dos dentes, aumentando a possibilidade de partir um dente:

– a falta de higiene oral diária;

– abrir garrafas, embalagens e objetos com os dentes;

– morder lápis ou tampas de canetas;

– o esforço excessivo ao mastigar os alimentos.

Algumas situações relacionadas com a saúde oral também contribuem para o enfraquecimento dos dentes, dado que afetam a sua resistência, como:

– cáries em estágio avançado;

– bruxismo;

– dentes que já passaram por um tratamento de canal.

Alimentos com a consistência dura ou muito ácidos também podem ser perigosos quando se tem um dente partido ou frágil. Tenha cuidado com:

– gelo;

– ossos;

– pipocas;

– sumos cítricos;

– vinagre;

– café e chás;

– alguns molhos e temperos com ingredientes ácidos, como o ketchup.

Se já tem problemas com a dentição, saiba que mesmo os alimentos mais moles podem causar estragos:

– alimentos ricos em hidratos de carbono: os restos colam-se mais facilmente aos dentes e podem aumentar o desenvolvimento de bactérias e o surgimento de cáries, principalmente os alimentos que contêm amido, como a batata, pão, feijão branco, massas e cereais.

– frutos desidratados: além dos açúcares naturais que contêm, estes frutos podem ficar mais facilmente presos aos dentes e provocar problemas à saúde oral. Depois que a água presente nestes frutos é absorvida, após o processo de mastigação, o resto do fruto fica preso ao dente sobrando apenas a concentração do açúcar natural, que pode gerar a proliferação de bactérias e a produção de ácido, que são prejudiciais para a dentição.

Agora que já sabe quais os alimentos que podem prejudicar os dentes, saiba quais os 3 sinais mais comuns de que pode ter um dente partido:

1- Dor após a mastigação;

2- Falha ou racha no dente;

3- Inchaço ou inflamação à volta do dente;

Caso apresente qualquer sinal de fratura ou racha no dente, deve procurar um médico dentista assim que possível.

Se acabou de fraturar ou rachar um dente, apresentamos algumas soluções:

Como primeira dica, a primeira coisa a fazer em caso de fratura de um dente é manter a calma e, se o local do dente partido está a sangrar ou a doer, coloque uma compressa com gelo e gaze sobre o local. Em seguida, dirija-se a um consultório de medicina dentária imediatamente. Não se esqueça de levar consigo a parte do dente que se partiu. Isto é importante para o que o médico dentista avalie o que é possível fazer para recuperar o seu sorriso.

Lembre-se: existe tratamento para restaurar ou recuperar o dente partido, mas a técnica utilizada vai depender da parte do dente que se partiu e também do médico dentista, que é o único responsável por efetuar esta avaliação.

Saiba que, quando um dente definitivo se parte por baixo da linha óssea, o mais comum é extrair o dente (com recurso a anestesia) e substituí-lo por um novo dente, através da colocação de implantes dentários.

Se o dente definitivo estiver partido acima da linha óssea, pode ser desvitalizado, reconstruído e receber uma coroa, que é a peça que confere ao dente um aspecto natural. Neste caso, o médico dentista faz o molde do seu dente e o laboratório confecciona o novo dente para substituição.

Se apenas o esmalte do dente fraturado estiver afetado, este poderá ser reconstruído. Este procedimento pode ser feito no consultório e no mesmo dia, com aplicação de resinas que reconstroem a parte rachada.

Atenção: não tente colocar novamente o dente partido por conta própria, pois pode agravar ainda mais o problema e magoar a gengiva e o próprio dente, que poderia ainda ter solução.

Apenas o médico dentista possui as ferramentas, os materiais e o conhecimento necessários para restaurar o seu dente partido, de forma a que o seu sorriso seja reabilitado e fique novamente saudável.

Dicas: Alimentos que protegem os dentes

Frutas e vegetais

A maçã ou cenoura, por exemplo, fazem bem aos dentes porque são ricas em água, fibra, vitaminas e minerais. Este tipo de fruta ou vegetal demora muito tempo para ser mastigado, principalmente quando é ingerido cru, o que estimula a produção de saliva. Este processo funciona como uma espécie de “limpeza mecânica” dos dentes, importante para protegê-los das bactérias.

Derivados de leite

O queijo, o leite e os iogurtes sem açúcar, também podem ajudar a proteger os dentes, pois são ricos em cálcio e fósforo, que ajudam a prevenir a cárie dentária.

Não se esqueça de escovar os dentes diariamente, pelo menos três vezes por dia, e também de usar o fio dentário: a correta higiene oral diária é fundamental para manter uma boca saudável e proporcionar dentes fortes e resistentes, evitando o desenvolvimento de problemas como cáries ou abcessos.

Se o seu dente se partiu: os tratamentos disponibilizados pelo Cartão Dental Premium são a melhor opção! São mais de 75 soluções dentárias que lhe permitem recuperar a saúde oral e a qualidade de vida.

Aproveite a oportunidade e faça uma consulta de avaliação oral sem custos! Receba um plano de tratamento personalizado e aproveite as facilidades de pagamento para ter um sorriso cinco estrelas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *