Os dentes bonitos dependem de uma boa saúde oral

Os dentes bonitos dependem de uma boa saúde oral

Nem tudo acontece da maneira que queremos ou esperamos e é verdade que muito do que descobrimos nos pode surpreender. Quando falamos em saúde oral este assunto faz ainda mais sentido. Imagine uma situação em que repara que os seus dentes estão amarelados e decide procurar um médico dentista de confiança para fazer um braqueamento e ter um sorriso mais bonito. Mas, após a consulta de avaliação oral, descobre que antes do branqueamento serão necessários outros procedimentos, pois os seus dentes “escondem” outros problemas que afetam a sua saúde oral.  

Às vezes, o que é visível é apenas uma parte de um problema maior. Mas, não desespere: resolver o problema pode não ser assim tão trabalhoso, talvez seja apenas diferente do que pensou que seria a solução para o seu caso. Por isso, fazer um diagnóstico com confiança e segurança é o primeiro passo para resolver o que for necessário, principalmente quando se trata da sua saúde oral.

Dentes bonitos para um sorriso de dar inveja precisam, antes de qualquer coisa, de estar saudáveis. Portanto, para o ajudar, neste artigo vamos explicar por que alguns problemas de saúde oral não são tão simples de resolver como imaginávamos; o motivo de alguns tratamentos não poderem ser realizados imediatamente, como prevíamos; e ainda por que a estética e a saúde oral precisam “andar de mãos dadas”. 

A importância da saúde oral para a estética da boca

A procura pela perfeição estética é uma tendência cada vez maior, seja para alcançar a realização pessoal ou simplesmente como forma de agradar aos outros. Em nome da beleza, as pessoas têm ultrapassado alguns limites e os abusos estéticos têm afetado consideravelmente a saúde dos pacientes. 

Mas a saúde oral deve ser a prioridade: a boca e os dentes nem sempre têm a atenção de que precisam e, por vezes, a medicina dentária é encarada apenas como um fim para atingir objetivos estéticos. E é aí que mora o perigo!

Atualmente, os sorrisos são “comercializados” de maneira abusiva e perigosa, sem se ter em consideração a preservação dos dentes e as estruturas dentárias. Resultado: a saúde oral fica em segundo plano e surgem problemas e doenças orais que podiam ser evitadas.

Para ter dentes impecáveis, alinhados e brancos, cometem-se muitos exageros, ao ponto de comprometer a saúde oral. Por vezes, extraem-se dentes sem que haja necessidade, desgasta-se os dentes excessivamente e a saúde oral é colocada em risco. É preciso ter atenção porque, ao contrário do que muitos consideram, os dentes interferem com a nossa saúde geral e não apenas com a estética.   

As funções e a importância dos dentes

Antes de serem bonitos, os dentes precisam de ser funcionais, e é isso que o nosso corpo espera deles. Antes de iluminar um sorriso, os dentes são os responsáveis, por exemplo, pela mastigação, que dá início à digestão. São eles que trituram os alimentos ingeridos, para depois serem digeridos pelo estômago, que continuará o processo digestivo.

Além da mastigação, os dentes também são importantes para comunicarmos corretamente. Tê-los saudáveis, sempre com a higiene oral em dia, evita, além de doenças orais, o mau hálito, que é tão desagradável.

Como num jogo de xadrez, onde cada peça tem um papel específico, o mesmo acontece com os dentes, que servem para uma função concreta. Ainda que algumas peças desempenhem um papel mais significativo que outras, todas são relevantes para que o jogo aconteça. Com os dentes também é assim e, para se ter uma saúde oral em dia, cada um deles importa. 

Mas, a realidade nem sempre é ideal e os números relacionados à saúde oral em Portugal podem assustar: mais de 35% dos portugueses não visitam o médico dentista há mais de um ano e 70% da população ainda sofre de perda dentária causada, geralmente, pela falta de higiene oral e de cuidados necessários. Os números são apresentados na 5ª edição do Barómetro da Saúde Oral, da Ordem dos Médicos Dentistas, referente a 2019.

O diagnóstico é um dos melhores amigos da saúde oral

Quando se fala de saúde é muito importante estarmos atentos e sermos pacientes. Existem profissionais aptos para realizar o diagnóstico e que saberão orientar sobre como proceder, caso seja necessário resolver algum problema.

Como sabemos, a saúde oral é extremamente importante para um correto funcionamento do nosso corpo. Cada parte do nosso organismo está, de alguma forma, interligada a outra. E, se algo não está bem ou no devido lugar, todo o corpo o irá sentir. Um problema numa região do corpo pode afetar ou desencadear outro problema noutra zona.

O diagnóstico é o melhor amigo da saúde oral. Isto porque é a partir dele que são identificados os problemas que devem ser resolvidos e quais os tratamentos necessários para solucioná-los. Atualmente, existem vários meios de diagnóstico disponíveis que permitem identificar o problema do paciente, como a ortopantomografia – um exame de raio-X que permite verificar toda a cavidade oral do paciente -, além de outras técnicas complementares. 

Por exemplo, há muitas doenças orais que podem ser evitadas com o diagnóstico precoce e muitos tratamentos podem ser bem mais simples do que outros, dependendo do momento em que os problemas forem identificados.

Agende uma consulta de avaliação oral sem custos

Por isso, antes de procurar um médico dentista de confiança para clarear os dentes, certifique-se de que a sua saúde oral está em dia. Muitos tratamentos dentários só podem ser realizados se os dentes estiverem em condições para recebê-los. Caso contrário, o resultado pode ser inesperado e bastante desagradável, comprometendo os seus dentes a ponto de os perder e até desenvolver doenças que podiam, perfeitamente, ser evitadas.

Visite regularmente o seu médico dentista de confiança, mas se procura por um profissional partilhe connosco as suas informações e entraremos em contacto para fazermos o agendamento de uma consulta de avaliação oral sem custos.

Dê à sua saúde oral a importância que ela, realmente, tem!

QUERO CUIDAR DA MINHA SAÚDE ORAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *