Precisa retirar os sisos? Saiba como e o que deve fazer!

Precisa retirar os sisos? Saiba como e o que deve fazer!

como retirar dentes sisos

Retirar os sisos é um procedimento odontológico que chega a assustar algumas pessoas, muito porque existe o mito de que ele é um tratamento dentário que costuma ser traumático para o paciente.

Porém, essa ideia está totalmente errada, já que é possível passar por este momento com tranquilidade e sem maiores temores.

Fazer a retirada desses dentes, inclusive, é uma cirurgia muito tranquila, tanto para o paciente quando para o médico dentista que a realiza, sendo preciso apenas tomar alguns cuidados no pós-operatório.

Para acabar de uma vez por todas com os mitos relacionados a esse procedimento, reunimos neste artigo as principais informações que precisa saber sobre ele e o que deve fazer depois que realizá-lo. Continue a ler o nosso texto e saiba mais sobre como retirar os sisos!

 

Os dentes sisos

Dos dentes molares, os sisos são os últimos a nascer na nossa arcada dentária, sendo dois na arcada superior e outros dois na inferior, sendo normal surgirem entre os 16 e os 21 anos.

Por nascerem tardiamente, é bastante comum que em algumas pessoas, eles acabem por ter pouco espaço para ocupar na nossa boca, podendo ficar presos logo abaixo na gengiva e serem motivo de incómodos, inchaços e dores, sendo necessário, em alguns casos, retirar os sisos.

Porém, há situações em que esses molares têm de facto espaço para nascer, sem afetar os dentes restantes e não é preciso extraí-los, ou mesmo de pessoas que nascem sem que eles surjam nas suas bocas.

 

Quando é necessário retirar os sisos?

É necessário retirar os sisos somente quando o seu médico dentista constatar a presença de algum dos fatores contributivos para que a cirurgia de remoção seja requerida, como:

  • O aparecimento de infeção que afete o siso ou a parte óssea dele;
  • A evidente falta de espaço para que o dente cresça e se desenvolva;
  • A realização de colocação de próteses ou procedimentos endodônticos;
  • Ser essa uma região difícil de higienizar adequadamente;
  • Dificuldades na mordida;
  • Desconforto ou desencaixe com os sisos.

como retirar os dentes sisos

Além disso, é indicado que jovens entre 15 e 18 anos façam uma consulta com um médico dentista para avaliar se será preciso ou não retirar os sisos, isso porque, durante esse período da vida, as raízes dos dentes não estão calcificadas à parte óssea, sendo mais fácil realizar a extração desses dentes.
 

Como é feita a retirada dos sisos?

O procedimento de retirar os sisos é simples, seguro e, na grande maioria das vezes, feito em apenas uma só sessão, variando de tempo conforme o posicionamento e a complexidade dos dentes.

Como numa extração dental comum, o paciente recebe uma anestesia local e em seguida o médico dentista expert, com a utilização das ferramentas apropriadas, separará os sisos dos dentes restantes e irá retirá-lo, concluindo a extração do dente.

Após a retirada do dente, o médico dentista realiza suturas com pontos para fechar a região e conter o sangramento, ainda mais em casos onde for preciso fazer cortes na gengiva para fazer a extração.

paciente em consulta dentária

Cuidados para se tomar após o procedimento

Nos primeiros dias de pós-operatório, é normal começar a sentir dor, sensibilidade ou inchaço.

Logo, após retirar os sisos, para acelerar a cicatrização e reduzir esses sintomas é preciso que o paciente tome algumas providências:

  • Que repouse;
  • Fazer compressas de gelo na região operada;
  • Consumir alimentos gelados, como o gelado, e ricos em proteína, como o ovo e o frango, pois esses nutrientes auxiliam o organismo a cicatrizar a sua gengiva mais rápido.

É muito importante também higienizar a área operada, através da a escovagem dos dentes, com uma escova que seja bem macia, e fazer uso do fio dentário, para que não se acumulem restos de alimentos na área e o paciente venha a sofrer uma infeção, além é claro de utilizar à risca a medicação prescrita pelo médico dentista.

Em caso dos sintomas persistirem ou apresentar febre e sangramento, procure imediatamente o seu médico dentista!

Logo, não é preciso temer se o seu médico dentista disser que vai precisar retirar os sisos. Fique tranquilo, basta seguir às recomendações médicas e as dicas que mostramos neste texto, e claro, não deixe de consultar um profissional para fazer a retirada dos seus sisos.

Se gostou do nosso artigo, partilhe-o com os seus amigos e familiares, além de continuar a acompanhar o nosso blog, para estar sempre bem informado sobre os procedimentos odontológicos mais relevantes para si.

  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *