Medo de ir ao Dentista?

Medo de ir ao Dentista?

Não deixe os seus monstros tirar-lhe o sorriso! Combata-os deixando a sua saúde oral nas mãos de quem melhor conhece o seu sorriso, o seu dentista!

Há quem imagine uma consulta no dentista como se de um filme de terror se tratasse. A história aterradora, do vilão, o dentista, que nos prende à cadeira e no meio do cenário assustador com todo o tipo de barulhos arrepiantes…nos trata da saúde oral!

A odontofobia (medo de ir ao dentista) é algo real e um dos principais motivos pelos quais as pessoas deixam de ir ao dentista, ou pelo menos, com a regularidade que deviam. Muitas vezes, a consequência, é mesmo o piorar dos seus problemas dentários e até quem sabe a perda dentária.

A propósito da celebração do Halloween, veja aqui quais os principais monstros e fantasmas que podem afastar as pessoas de um belo sorriso:

  • Broca
  • Medo de ficar sem dentes
  • Dor
  • Anestesia
  • Médico Dentista
  • Cadeira
  • Não vêem o que acontece

Quem nunca teve receio de ir ao dentista?

Se já teve esta sensação saiba que é um fenómeno recorrente desde há centenas de anos.

Os primeiros testemunhos remontam à Idade Média, quando no imaginário popular se apelidavam os dentistas de “tiradentes”, um papel inferior e mais ambíguo do que aquele que era atribuído aos médicos.

Se pensarmos bem no assunto, talvez naquele tempo existissem verdadeiros motivos para se ter medo de ir ao dentista.

Mas e hoje? A ciência e a tecnologia estão em permanente evolução no que respeita às técnicas aplicadas nos tratamentos. Atualmente, o paciente pode submeter-se a uma cirurgia oral complexa, sem sentir nenhuma dor ou desconforto devido à administração de anestesia local. O respeito pelo bem-estar do paciente, leva também a que haja um maior cuidado da parte da equipa médica, o que acaba por tranquilizar o paciente.

Sinta-se seguro com estas Dicas:

Posto isto, podemos dizer com segurança que não existem motivos para ter medo de ir ao dentista. Ainda assim, existem algumas dicas que lhe podem ser úteis antes de marcar a sua consulta:

– Procure referências: Converse com alguns familiares e amigos e saiba se conhecem algum médico da sua confiança e o que acham do seu trabalho. Desta forma, irá sentir-se mais seguro pois poderá tomar a sua decisão com base no testemunho de alguém que lhe é próximo.

– Fale sobre como se sente: por vezes, é o suficiente para aliviar a tensão. Hoje em dia, os médicos dentistas estão preparados para lidar com as ansiedades e medos dos pacientes, por isso, logo na primeira consulta é importante expor os seus receios e inseguranças. Se falar com o seu dentista não for o suficiente, um psicólogo pode ajudar.

– Peça ao médico dentista que lhe explique cada passo do tratamento: Combine com o seu médico dentista um sinal para que interrompa a ação caso sinta dor ou desconforto. O fato de sentir que tem a situação sob controlo pode ajudar a sentir-se mais seguro.

– Faça visitas periódicas ao dentista. A assiduidade aliada a uma higiene oral adequada, através de escovagens diárias e utilização regular do fio dental, reduzem a necessidade de intervenções mais invasivas – e, portanto, mais difíceis de enfrentar.

Marque a sua consulta de avaliação oral sem custos e comece já a superar os seus medos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *