Nem sempre dentes brancos são dentes saudáveis

Nem sempre dentes brancos são dentes saudáveis

Com o passar dos anos, a preocupação com a estética tem vindo a aumentar. Ter um corpo definido, cabelos hidratados, dentes brancos e uma imagem pessoal de dar inveja é o que quase todos pretendem alcançar. Para ter uma ideia, o crescimento global do setor de beleza e cuidados pessoais cresceu durante uma década, sem abrandamentos. Só em 2018, o aumento foi de 6%, de acordo com o Euromonitor International, que é líder global em inteligência de negócios e análise estratégica de mercado. Mas este movimento também tem levantado questões importantes. Em nome da beleza, muitas pessoas ultrapassam alguns limites, colocando-se em perigo. Quando se trata da saúde oral, as preocupações mantêm-se: para garantir um sorriso bonito, muitas pessoas têm ignorado o cuidado de manter os dentes saudáveis, em prol dum aspeto mais atrativo.   

Em Portugal, por exemplo, esta tema é bastante evidente. Enquanto 59% dos portugueses consideram importante ter um sorriso bonito, 70% da população tem falta de dentes naturais, com exceção dos dentes do siso. E apenas 20% das pessoas visita regularmente o médico dentista. Os dados são do Barómetro da Saúde Oral 2019.

Curioso, não acha?! Mas também é muito preocupante!  Isto porque, ao contrário daquilo em que muitos acreditam, dentes brancos e um sorriso aparentemente bonito nem sempre significam que se tem os dentes saudáveis e a saúde oral em dia. E este engano pode ter consequências desagradáveis para a saúde dos seus dentes e de todo o seu corpo. 

 

Dentes brancos nem sempre são indício de dentes saudáveis

Criou-se a ideia de que, quanto mais brancos são os dentes, mais saudáveis eles estão, mas saiba que não é bem assim. Dentes brancos não são sinónimos de dentes saudáveis, mas é verdade que se tornaram um exemplo estético a ser seguido, por conferirem mais beleza ao sorriso.  

Mas sabia que a cor natural dos dentes, por mais saudáveis que eles estejam, não é branca? Vamos explicar!

dentinaesmalte definem a tonalidade dos dentes. A dentina tem uma cor branca amarelada, que varia conforme a idade e a genética, e por isso é apresentada de maneiras diferentes em cada pessoa, fazendo com que alguns dentes sejam mais amarelados do que outros, ainda que os dentes estejam saudáveis. Já a cor do esmalte varia entre o amarelo claro e o branco acinzentado e, por ser um tecido translúcido, a cor da dentina acaba por determinar a sua aparência mais ou menos amarelada.

Para ter um sorriso mais bonito, muitas pessoas abusam de produtos ou tratamentos que prometem dentes mais brancos, como branqueamentos caseiros, pastas dentífricas e elixires, mas esquecem-se de ter em consideração algo muito importante: todas essas alternativas podem comprometer muito as estruturas dos dentes, deixando “doente” um dente que antes era saudável.

 

Perigos estéticos para a saúde oral

O sorriso tem sido comercializado de forma abusiva e agressiva e, às vezes, sem se considerar a importância de se preservar os dentes e as suas estruturas. Por isso, deixamos um alerta: a saúde oral jamais deve ficar em segundo plano e ser prejudicada por motivos meramente estéticos. Até porque a medicina dentária é, antes de tudo, uma área da saúde. E reforçamos isto porque é comum que os pacientes procurem tratamentos única e exclusivamente por causa da imagem, deixando de lado a importância de garantir que os dentes estão saudáveis.

É muito importante que fique claro que a medicina dentária contribui para a função e a saúde dos elementos dentários e, consequentemente, para todo o organismo.

Saiba em quais situações alguns procedimentos podem ser prejudiciais

  • Branqueamento

O processo do branqueamento remove partículas, ou pigmentos, que aderem à superfície do esmalte e da dentina. Portanto, a cor do esmalte e da dentina ficam mais visíveis, fazendo com que os dentes fiquem mais brancos. O que muitos não sabem é que, independentemente de quantas vezes os dentes forem submetidos às sessões de branqueamento, o tratamento não altera a cor natural dessas estruturas. Por isso, o uso de alguns produtos sem indicação médica e a sua utilização de forma errada ou exagerada podem trazer uma série de problemas, como:

– manchas

– desgaste dos dentes

– perdas de estrutura do esmalte e da dentina

– amolecimento dos elementos

– vitalidade dentária comprometida

– necessidade de tratamento de canal

– perda dentária, em casos mais extremos

 

Daí a importância de os branqueamentos dentários serem sempre realizados com o acompanhamento de um médico dentista, seja no consultório ou em casa, como acontece com o procedimento realizado pelo Cartão Dental Premium. Só um expert saberá indicar as necessidades ou possibilidades da realização do branqueamento, qual o método mais adequado, os produtos utilizados e a maneira de fazer.

Para além disso, para poder fazer este procedimento com segurança, é preciso confirmar com o seu médico dentista que está tudo bem com a sua saúde oral. Isso porque as cáries, inflamações na gengiva ou sensibilidade dentária podem ser agravados com o branqueamento. Por isso, não se recomenda que se faça o tratamento nessas condições. O ideal é garantir que tem os dentes saudáveis e só depois fazer o procedimento. 

Efetivamente, os dentes brancos podem dar um novo aspeto ao sorriso, mas tenha cuidado! Não há procedimento estético que compense prejudicar a sua saúde oral. Em última instância, ter os dentes saudáveis, brancos ou não, e a saúde oral em dia é o que mais importa.  

  • Implantes dentários

Mas os cuidados não são exclusivos dos branqueamentos. Quando um tratamento, como a colocação de implantes dentários, são realizados por pessoas que não estão habilitadas para o fazer, como é o caso de médicos dentistas que não possuem conhecimentos e não têm a experiência necessários, pode não correr muito bem!

Portanto, a primeira lição é que, para realizar um tratamento deste género, só deve confiar num médico dentista expert em implantologia dentária, como os que fazem parte da equipa do Cartão Dental Premium.

É comum que alguns pacientes procurem as clínicas dentárias para extrair dentes saudáveis e substituí-los por próteses sobre implantes, com o objetivo de ficarem com dentes perfeitos. Este é um exemplo claro dos limites que algumas pessoas estão dispostas a ultrapassar por questões exclusivamente estéticas. 

Saiba que os procedimentos de colocação de implantes dentários são muito seguros se forem feitos da maneira adequada e com um médico dentista de confiança. Mas é muito importante que se tenha consciência de que estes só devem ser colocados quando o seu médico dentista o sugerir.

 

Saiba identificar se a sua saúde oral está em dia

Dentes saudáveis são aqueles que não apresentam cáries, doença periodontal, sem desgastes excessivos ou patologias nos tecidos moles. Também faz parte de uma saúde oral em dia ter gengivas saudáveis, que não sangrem sem motivo aparente. Seguem alguns pontos importantes aos quais deve estar atento:

  • Gengivas

A saúde das gengivas está relacionada, por exemplo, com uma alimentação adequada e, especialmente, rica em vitamina C. Também é importante que não tenha placa bacteriana. Se esta se acumular, pode aumentar o risco de infeção e dar origem a uma gengivite – gengivas vermelhas, inflamadas e com sangramento constante. Portanto, se as suas gengivas estiverem com feridas, sangramentos constantes ou inchadas, procure um médico dentista de confiança.

 

  • Dentes sensíveis

A sensibilidade dentária pode ser um sinal de alguma doença oral. Verifique se os dentes parecem mais sensíveis após ingerir alimentos ou bebidas mais doces. Agende uma consulta na clínica dentária da sua confiança, se a sensibilidade for frequente, se aumentar ou causar incómodo.

 

  • Tártaro e placa bacteriana

Se o seu sorriso é composto por dentes limpos e livres de manchas ou placa bacteriana, parabéns! Significa que tem dentes saudáveis, que pratica uma boa higiene oral e que tem a saúde oral em dia. Para isso, é fundamental o uso diário do fio dentário e a escovagem dos dentes pelo menos duas a três vezes ao dia, ou sempre após as refeições.

 

  • Mau hálito

O seu hálito está naturalmente neutro? Então, fique descansado! Mas se não for esse o seu caso, saiba que o mau hálito pode ser consequência de falta de higienização dos dentes e da boca no geral. Também pode indicar a presença de uma doença respiratória ou estomacal, tal como possíveis complicações orais. Lesões na boca e nos dentes também podem estimular odores desagradáveis.

 

  • Cor da língua

Tem o hábito de lavar a língua sempre que escova os dentes? Saiba que esse hábito é muito importante, pois a mucosa presente nesta parte da boca, se não for higienizada corretamente, acumula bactérias, pode causar inflamações, mau hálito, entre outros problemas.

Tenha especial atenção à cor e à textura da língua. Caso haja alterações, pode ser sinal de doença.

Esteja sempre atento! A saúde oral dá muitos sinais de alerta sobre diversas outras doenças.

 

Saiba como ter a saúde oral em dia 

O cuidado diário é fundamental para garantir dentes saudáveis, assim como uma saúde oral geral. Escovar os dentes pelo menos três vezes por dia, ou após todas as refeições, usar o fio dentário pelo menos uma vez por dia – de preferência, antes de dormir -, e usar o elixir são hábitos que devem ser incorporados na rotina. Além dos cuidados diários, a visita regular ao médico dentista de confiança também é essencial, para garantir as melhores condições de saúde oral. 

Também é muito importante estar atento aos sinais que a boca pode apresentar. Qualquer situação fora do normal deve ser reportada ao médico dentista de confiança o quanto antes. Esta é uma forma de prevenir complicações ou possíveis doenças orais e garantir a saúde oral e a saúde de todo o seu organismo. 

 

Mas temos boas notícias! Se procura uma solução para ter os dentes saudáveis e ainda ter um sorriso bonito, saiba que o Cartão Dental Premium oferece o que procura.

Com o CDP é possível aliar o cuidado com a saúde oral, obter o sorriso perfeito, e ainda poupar de forma a que tudo caiba no seu orçamento mensal. São muitas vantagens! Isto porque o CDP oferece mais de 75 tratamentos dentários, incluindo branqueamentos, 2 implantes dentários com coroas, tratamento de cáries, higienização, entre outros serviços, e pagará por tudo isto por apenas um valor mensal que cabe no seu bolso.

E para aproveitar todas estas possibilidades, a consulta de avaliação oral, com raio-X, é sem custos. A partir daí, terá um diagnóstico completo da sua saúde oral, para perceber quais os tratamentos mais indicados para o seu caso, garantindo dentes saudáveis e um sorriso de dar inveja. 

Então, não espere mais para ter o sorriso que procura. Faça agora um gesto simples pela sua saúde e agende a consulta de avaliação oral com a nossa equipa de médicos dentistas, experts em implantologia dentária. Escolha a clínica mais próxima e aproveite as nossas condições!

QUERO AGENDAR UMA CONSULTA DE AVALIAÇÃO ORAL 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *