O seu sorriso reflete a sua aparência. Ou será o contrário?

O seu sorriso reflete a sua aparência. Ou será o contrário?

Fique a saber como a sua dentição e a aparência estão relacionadas e quais os impactos na sua fisionomia e estética. Cuidar do seu sorriso vale a pena!

Já se deparou com uma pessoa com a aparência cansada, com a pele sem vida, mal cuidada, ou até mesmo com um olhar triste e desanimado?

Quando isso acontece, pensamos muitas coisas, que podem ou não ser verdade, mas que dizem respeito à primeira impressão que tivemos sobre a pessoa e que nos trazem sentimentos variados, como empatia, compaixão e solidariedade, ou por vezes, a julgamentos não tão bons.

Ao imaginar essa pessoa em questão, podemos imaginar várias situações para a sua fisionomia e aparência sem energia ou descuidada. Citamos algumas para auxiliar na reflexão:

– que não dormiu bem e está cansada

– que está com alguma doença que a deixa debilitada

– está com preocupações com a família, trabalho, dinheiro ou saúde

– que não tem recursos para ter uma aparência melhor

– que sofre de problemas dentários que afetam, inclusive, a sua estética

Todas estas possibilidades podem estar corretas, e podem existir muitas outras. Mas se ficou surpreendido com a última possibilidade, saiba que é das mais comuns!

A ligação entre a aparência e a dentição 

É sabido que a falta de cuidados com a saúde oral acarreta inúmeros problemas, inicialmente mais relacionados à nossa boca e depois, como consequência, afetando outras partes e funções do nosso corpo. Relembramos que, entre eles, os mais comuns são:

– inflamações nas gengivas

– mau hálito e sangramentos

– dores ao mastigar

– vergonha para falar e sorrir

– perda dentária – sendo esta, uma situação que afeta milhões de portugueses.

Como consequência, podemos ter pessoas que não se alimentam corretamente por sentir dor, não ingerem alimentos saudáveis e que não fazem uma correta digestão. Pessoas com problemas de autoestima, depressão, dificuldades na fala e que evitam relações sociais, e até mesmo, sofrem impactos nas suas profissões – tudo em consequência da falta de saúde oral. A qualidade de vida destas pessoas é amplamente afetada e causa problemas nas mais diversas áreas.

Além da saúde, podem haver impactos na nossa própria aparência?

Sim.

Uma pessoa pode ter a aparência cansada, até mesmo mais envelhecida, em decorrência dos problemas de saúde oral que apresenta, especialmente quando já tem dentes em situação de risco, com doença em estágio avançado, com mobilidade dentária ou mesmo, já apresentando a perda de um ou mais dentes.

Porquê que isso acontece?

O nosso rosto tende a mudar por causa do nosso sorriso, mais precisamente, pela posição dos dentes e pela falta dos mesmos.

Sugerimos que faça um exercício simples:

Coloque-se em frente ao espelho e tenha nas mãos uma foto sua de alguns anos atrás. Agora compare-as de forma rigorosa e observe as mudanças.

Se é uma pessoa que tem o bom hábito de cuidar da saúde oral, o que vai perceber é que a pele perdeu um pouco da vivacidade da juventude, que há mais linhas de expressão e que as rugas começam a fazer parte da sua vida. Isso faz parte da vida e da passagem do tempo e não deve ser motivo de alarme. Mas reforçamos que há outros fatores que têm forte influência no seu aspeto, como os cuidados que deve ter com a alimentação, a exposição solar com proteção, não fumar e ter uma hidratação correta. Estes cuidados, somados a muitos outros, ajudam a combater e a prevenir o envelhecimento precoce e favorecem a sua fisionomia. 

Voltando ao exercício proposto, ao prestar atenção ao seu rosto, passando de ponto a ponto, se verificar que a região do nariz está mais descaída, os lábios já estão muito mais finos do que eram e o queixo encontra-se mais protuberante do que na fotografia que usou para comparação, pode perceber claramente que o seu rosto se transformou, a sua fisionomia mudou com o passar dos anos. E quem sabe, seja pela falta de cuidados que teve consigo mesmo, somados à passagem natural do tempo.

E o motivo pode ser mais do que o natural envelhecimento.

Pode ter uma explicação surpreendente: problemas odontológicos, principalmente pela falta de dentes, podem ser a causa da transformação do seu rosto.

Problemas na dentição afetam a sua aparência

Cada dente que temos na nossa boca tem uma função específica e é por isso que cada um é essencial.

Quando acontece uma perda dentária, isso não é um problema isolado e pode ter sérias consequências, a menos que seja tratado rapidamente. Apenas um único dente em falta sem a devida reposição faz a pessoa perder massa óssea, pode causar mobilidade dentária nos dentes adjacentes. Pode entortar os restantes dentes uma vez que estes começam a mover-se para ocupar o espaço vazio deixado e mais, o espaço do dente perdido pode ser a porta de entrada para outras doenças, que agravam ainda mais a situação da sua saúde oral.

É por isso que tanto se fala da prevenção, dos cuidados de higiene oral e das visitas periódicas ao dentista. Como no exemplo do seu automóvel, que precisa de reparos e manutenção de tempos em tempos, a saúde oral deve ser cuidada da mesma forma. Assim, os reparos são pontuais, pequenos e não permitem que outras peças se estraguem e comprometam ainda mais o funcionamento do seu carro (e as funções dos seus dentes)

– Uma pequena cárie, logo que tratada, leva ao fim um problema que pode se agravar e, nos casos mais severos, ser motivo de perda dentária. 

– Uma gengivite, quando recebe o tratamento adequado em estágios iniciais, não causa maiores problemas para a sua dentição.

– Um dente perdido, quando reposto através de uma técnica moderna e segura como o implante dentário, resolve o seu problema com facilidade e sem dor.

É sempre importante deixá-lo tranquilo no sentido de que todos os casos de saúde oral têm solução, mesmo que sejam necessários procedimentos cirúrgicos e implantes dentários, que têm a função de repor a raiz do dente perdido e reabilitar a sua saúde oral e a estética. Para deixá-lo ainda mais tranquilo e confiante, todos os procedimentos são indolores com uso de anestesia local, de forma a que o paciente possa ficar sossegado e confortável.

Como se percebe que a dentição afeta a aparência?

A mudança de atitudes e gestos é inevitável e acaba por refletir na aparência de forma geral.

Uma pessoa que tem um dente em falta começa a fechar o sorriso, a tentar esconder o dente em falta levando as mãos até a boca enquanto fala, tem receio e dor ao comer, e isso, a longo prazo, muda o seu comportamento e a sua fisionomia.

A flacidez labial, a boca torta, as bochechas desalinhadas e o desenho diferente do queixo, também podem ser resultado de disfunções ligadas à má posição dos dentes ou à falta deles. 

Ainda tem dúvidas sobre o que acontece?

Observe algum familiar ou conhecido com dentes em falta.

Vai ver que a movimentação da sua boca não é natural, que ele articula a boca de forma a esconder o dente em falta, que não se expressa com clareza e que pode, também, vir a ter uma aparência mais envelhecida e triste. Além disso, a  pessoa evita sorrir e leva as mãos à frente da boca enquanto fala, tornando as suas palavras difíceis de serem entendidas. Logo, tem uma cara mais fechada, podendo às vezes ser até interpretada como uma pessoa menos simpática ou de “poucos amigos”.

Quais as vantagens de uma dentição saudável?

Falar, sorrir, comer e beijar não são mais problemas e passam a ser rotina… uma rotina onde a felicidade está estampada no rosto e o sorriso é de orelha a orelha, para quem quiser ver.

Ao presenciar alguma situação com familiar, amigo, companheiro ou mesmo consigo próprio, onde percebe que a aparência  pode estar relacionada a problemas com a dentição, não hesite em conversar sobre isso. Se reteve esta informação que acabou de ler e que pode ser transformadora na vida de alguém, transmita-a.

As soluções da medicina dentária evoluem para que ninguém precise sofrer e conviver com a perda dentária e com os problemas decorrentes da sua saúde oral. Se deseja saber ainda mais, vá a www.cartaodentalpremium.com ou ligue 800 200 208!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *